Como crescer rapidamente? Conheça o growth hacking.

Como crescer rapidamente? Conheça o growth hacking.

26 de Maio de 2019 0 Por admin

Cada vez mais as empresas se veem obrigadas a se reinventar e transformar suas práticas para crescer e vender mais. De tempos em tempos, para cumprir desafios como esse, surgem conceitos inovadores que prometem entregar resultados para as empresas, como é o caso do growth hacking. O termo growth hacking já vem fazendo sucesso nas empresas há alguns anos, mas como ele funciona de verdade? Como fica na prática a promessa de acelerar negócios para crescer rapidamente?

Aprenda agora com o nosso guia definitivo tudo o que você precisa para entender o growth hacking. Veja o que existe por trás desse conceito e como tirar do papel as metodologias que podem impulsionar os negócios agora mesmo.

O que é growth hacking?

Como o próprio termo já indica, growth hacking é uma forma de hackear o crescimento de uma empresa.

O growth hacking não é uma fórmula mágica ou uma metodologia milagrosa. Na verdade, ele consiste em uma série de práticas, experimentos e testes de hipóteses que encontram os caminhos mais certeiros e rápidos para crescer.

O termo growth hacking foi idealizado pelo empresário Sean Ellis em 2010. Ellis é CEO e fundador da GrowthHackers, um portal e SaaS que permite a seus usuários a chance de formular e testar experimentos que buscam desenvolver alguma questão pertinente de seus negócios.

A ideia por trás do growth hacking veio da experiência de Sean Ellis à frente dos times de crescimento de grandes empresas como Dropbox e Eventbrite. O que o empreendedor percebeu em empresas como estas, de rápido crescimento, foram alguns pontos em comum que permitiam esse desenvolvimento delas.

Alguns dos fatores que poderiam explicar esse sucesso seriam características que essas empresas compartilham, como:

  • Ousadia para fugir do marketing tradicional. Mesmo as metodologias mais modernas de marketing podem ser conservadoras quanto o assunto é crescimento real e rápido.
  • Times capazes e diversificados, que conseguem reunir as habilidades certas para identificar problemas, encontrar caminhos e buscar as melhores soluções.
  • Profissionais voltados para dados, que não permitem mais o uso da achismos nas decisões. O espaço para errar está cada vez menor e o time de growth precisa ter isso em mente para desenvolver um trabalho mais eficiente.

A partir daí é possível montar o seu próprio time, totalmente capaz de encontrar e perseguir as oportunidades de crescimento rápido.

Por que utilizar growth hacking na sua empresa?

Não é preciso dizer que toda empresa quer e precisa crescer para se destacar no mercado. Com a concorrência cada vez mais acirrada e consumidores mais exigentes, surgem uma série de exigências que os negócios precisam cumprir não só para dominarem seus mercados, mas até mesmo para se manter ativos neles. Por isso, podemos estabelecer que o primeiro motivo para utilizar o growth hacking é a necessidade de crescer, antes de mais nada.

O growth hacking surge então como uma possibilidade de crescer com práticas rápidas, facilmente aplicáveis e que permitem ganhar em escala macro e de forma bastante acessível.

Além disso, praticar o growth hacking significa tomar decisões mais inteligentes, baseadas em informações e validadas hipóteses sempre testadas. Em growth hacking, tudo é testado e semper em menor escala, minimizando prejuízos e as falhas que podem aparecer pelo caminho. Por isso, a estratégia de growth permite crescer sem prejudicar o que já dá certo, com o máximo de segurança.

As ações de growth hacking ainda são acessíveis em questão de preço e de praticidade de uso. Com o boom de ferramentas digitais para qualquer área dos negócios, está cada vez mais fácil utilizar da tecnologia sem precisar gastar demais. Melhor ainda, muitas ferramentas são até mesmo gratuitas.

Perfil do growth hacker

Chegando até aqui você deve estar se perguntando: tudo bem, mas quem é o growth hacker? E a resposta pode ser simples: qualquer profissional.

O growth hacker pode ser potencialmente qualquer profissional de uma empresa. Desde um engenheiro a um especialista em marketing podem ser os responsáveis pelo crescimento do negócio. Mais importante do que a formação do profissional de growth é o seu objetivo e seu perfil.

O perfil analítico é essencial para o profissional que vai promover o crescimento rápido e escalável da empresa. Além disso, os hackers precisam ter facilidade em priorizar e agir em cima do que for o maior foco do negócio no momento certo. Isso além de um perfil hands-on, ou seja, de realmente colocar a mão na massa.

O growth hacking também vai requerer a utilização no dia a dia de uma série de ferramentas. Por isso, habilidade de aprender e lidar com ferramentas digitais é essencial.

Por último, mas não menos importante, vale ressaltar que perfil inovador, coragem e resiliências farão toda a diferença. O growth hacker precisa encarar de frente os desafios, encontrar soluções inovadoras de verdade e estar preparado para errar, se frustrar e continuar sempre trabalhando para crescer.

Crescimento na prática: passo a passo do growth hacking

O growth hacking enquanto estratégia não é uma receita de bolo ou uma fórmula mágica mirabolante. A forma como cada empresa vai adotar essa ideia vai variar, mas ainda assim é possível traçar um caminho de como as coisas devem funcionar para promover o crescimento real. Veja um passo a passo simplificado para ajudar a nortear sua estratégia de growth hacking:

1º passo: defina o seu objetivo e onde quer chegar

Até onde você pretende chegar com sua estratégia de growth? O que você precisa solucionar e qual obstáculo está no caminho do crescimento? Quanto você quer crescer?

Toda estratégia de sucesso precisa partir de um objetivo bem definido. No caso do growth hacking, não é diferente. Antes de formular qualquer ideia, defina exatamente qual é a situação que requer uma solução ou melhoria agora.

Os objetivos das ações de growth hacking precisam ser muito específicas. Crescer é um objetivo macro da empresa, mas para realizar ações efetivas é preciso pegar pontos menores, mas cruciais para o desenvolvimento do negócio.

O objetivo do growth hacking pode ser melhorar a conversão no seu site, conseguir mais leads através do seu blog ou gerar vendas a partir de um botão em uma página específica, por exemplo.

2º passo: elabore as ideias de como fazer o crescimento acontecer

A partir dos objetivos, agora é a hora de gerar ideias para formular teorias de como crescer.

Se você quer aumentar os cliques na página de preços do seu site, por exemplo, o que poderia fazer? Esse é o momento de pensar e como chegar lá.

Para ajudar a inspirar as ideias de como crescer, faça alguns exercícios como:

  • Muita pesquisa e busca por referências. Vasculhe a internet e encontre referências de como resolver seus problemas. Procure pelas ferramentas disponíveis que tentam solucionar suas questões, analise a viabilidade delas. Sites como o portal growthhackers.com são um bom ponto de partida para quem precisa de ideias.
  • Benchmarking. Será que sua concorrência enfrenta ou já solucionou os problemas que você tem atualmente? Faça o que puder para descobrir. Vá até os concorrente e estude cada ponto disponível sobre a forma como eles fazem seus negócios. Como eles fazem marketing? Que informações disponibilizam? Quais os pontos de contato disponíveis para o cliente? Como é a abordagem de vendas? Essas são só algumas perguntas que podem ajudar a te dar as ideias certas.
  • Brainstorming. O bom e velho brainstorming existe justamente para proporcionar as melhores ideias possíveis. Junte o time e deixe a criatividade se juntar ao conhecimento para gerar muitas ideias. Filtre o resultado para chegar até as melhores para agir

3º passo: encontre o caminho ideal para seu negócio

Com base nas suas ideias, você vai agora traçar um plano. Como chegar até o objetivo a partir delas? O caminho do growth hacking pode te surpreender, dar voltas e mudar, mas precisa ser bem estipulado.

Seguindo corretamente os passos até aqui, você terá um objetivo sólido e ideias de como solucioná-lo. Portanto, é esse o momento de planejar as ações, definir um cronograma e as ferramentas certas para cumprir seu desafio.

4º passo: crie hipóteses e realize testes

O growth hacking, na prática, acontece de verdade quando levantamos e testamos hipóteses. Esse é o ponto central da prática de growth hacking, é aqui que o crescimento vai começar de fato.

Tudo que for feito para chegar até seus objetivos deverá ser transformado em hipótese para sair do papel. Se você quer que mais pessoas cheguem até sua página de preços, que tal mudar o caminho até ela? E se colocar um botão mais chamativo, mudar as cores, mexer no texto que leva até lá?

Com base em pesquisa e nos seus conhecimentos, formule hipóteses que devem ser testadas com seu público. Esse é o momento de tentar validar o que quer conseguir com suas ações de growth. Os testes A/B, ou seja, testes realizados para comprovar uma teoria em vez de outra, vão acontecer aqui.

5º passo: analise resultados e aprenda com eles

Aqui é importante avisar logo de cara: boa parte dos seus testes vai dar errado. Por isso, inclusive, que os testes são uma etapa tão importante para avaliar as hipóteses de crescimento.

6º passo: hora de expandir

Um objetivo importante do processo de growth hacking é oferecer ganhos altamente escaláveis para as empresas.

Os testes do growth hacking acontecem sempre em menor escala, até mesmo para não comprometer a operação caso os resultados não sejam bons. Uma estratégia de e-mail marketing para growth, por exemplo, deverá ser enviada apenas para uma parcela da base de contatos que a empresa tiver.

Quando comprova-se uma hipótese de sucesso, a partir de uma base menor, é necessário ganhar em escala. Esse passo próximo do final para qualquer ação de growth hacking, portanto, é expandir o que deu certo. Replique o seu hack que deu certo e garanta logo o crescimento comprovado pelos seus testes.

7º passo: continue o bom trabalho

Como estamos falando de crescimento rápido e escalável, é importante acrescentar ao growth hacking a característica da continuidade. Empresa nenhuma quer estagnar seu crescimento e é certo dizer, no mercado atual, que quem fica parado, na verdade, está andando para trás.

Por isso, ao dominar o processo e os hacks de crescimento do seu negócio, continue o bom trabalho. Para a estratégia de growth hacking funcionar de verdade, continue levantando questões pertinentes e buscando o caminho mais prático para solucioná-las.

Ferramentas para hackear o crescimento da sua empresa

Para funcionar de verdade, o passo a passo do growth hacking vai precisar contar com uma série de ferramentas-chave. São inúmeros os serviços, plataformas e métodos para alcançar o sonhado crescimento, e qual deles utilizar no dia a dia vai depender dos seus objetivos.

Enquanto isso, também é verdade que algumas das ferramentas mais básicas serão comuns para todo negócio que quiser crescer. Por isso, confira nossa lista das ferramentas indispensáveis para a execução de uma estratégia eficaz de growth hacking.

Google Analytics

As estratégias das empresas modernas precisam ser inteligentes e sempre baseadas em dados. Analisar dados e tomar decisões com segurança a partir deles é essencial e para isso mesmo existem ferramentas com o Google Analytics.

De forma gratuita, o Analytics fornece uma série de dados sobre as suas páginas virtuais e sobre como elas são consumidas e percebidas pelo público. Por lá é possível explorar páginas mais visitadas, dados sobre o público que as acessa, origem dos acessos, horários e muito mais. Tudo isso, praticamente em tempo real e com comparativos ao longo do tempo que precisar.

O Analytics existe para apoiar a base da sua estratégia de growth hacking com dados e diagnósticos importantíssimos sobre seu site, blog, loja virtual e afins.

E-Mail Marketing

O e-mail é uma ferramenta simples e já considerada antiga como prática nas empresas. Desde os primórdios da internet o e-mail é usado para agilizar a comunicação com todos os públicos de uma organização e sim, agora ele já é utilizado para crescer um negócio.

E-mail marketing é o nome de toda a estratégia que utiliza as mensagens eletrônicas para criar um relacionamento com os clientes de uma marca. Experimente coletar os e-mails dos seus clientes e prospects e utilize-os para estabelecer contato com esses públicos.

Agrupe os contatos e crie listas de segmentação diferentes para cada objetivo. Crie fluxos de comunicação coerentes e que tenham como objetivo levar o cliente a percorrer a jornada completa do consumidor, até fechar uma venda.

Automatize o processo e realize testes com a base para medir as respostas e aceitação das diferentes mensagens, conteúdos e linguagens com o seu público. Essa é a melhor forma de criar relacionamentos e instigar sua base de clientes ou prospects a se aproximar, comprar e se fidelizar ao seu negócio.

Inbound Marketing e oferta de conteúdos

O Inbound Marketing é uma estratégia de busca a atração de público que se transforma em uma base de leads e avança na jornada de compra até se tornarem clientes.

Em troca de informações de contato, o público recebe conteúdos inteligentes e úteis para resolver suas necessidades de consumidor ou de empresa.

Como ferramenta de growth, o Inbound Marketing permite encontrar as melhores formas de otimizar o processo de marketing e vendas do seu negócio como um todo. Ele integra ações de conteúdo, de e-mail marketing e a abordagem e vendas em um único processo. Descubra o caminho para abordar corretamente o consumidor, oferecer o que ele precisa de verdade e como conseguir em troca as melhores informações dele.

Banners e pop-ups

Banners e pop-ups podem ser considerados chatos, mas acredite: eles são muito úteis na estratégia de growth. Incluir pop-ups no seu site para instigar mais um contato do público com a sua marca pode ajudar a converter clientes em boas taxas. Banners dispostos estrategicamente nas páginas certas também podem direcionar o consumidor a fechar uma venda mais facilmente.

Para isso, experimente ferramentas como o OptinMonster para testar as melhores hipóteses de banners e pop-ups. Veja como textos e imagens oferecidos cara a cara com o seu público podem acelerar o crescimento de um jeito muito simples.

Social media

O poder das redes sociais é inegável. Com milhões de usuários em mídias gigantes ou mais voltadas para nichos específicos, aproveite para criar conteúdos e estabelecer uma relação com seu público.

Experimente os diferentes formatos, conteúdos, mensagens e horários para falar com seu público. Aproveite também opções variadas (e baratas) de fazer conteúdos patrocinados para engajar o contato do consumidor com seu negócio. Segmente seu conteúdo e veja como a atração de consumidores que realmente atendam ao perfil da sua marca acontece.

Google Adwords

Ferramentas de tráfego pago como o Google Adwords promovem o crescimento através da atração de público diretamente pelas páginas de resultado do Google. Aqui, o hacker do crescimento vai agir buscando as melhores palavras-chave e expressões que farão seu consumidor chegar até você.

Posicionando os anúncios certos no maior buscador do mundo você poderá aparecer na hora certa, com a mensagem certa, para a pessoa certa.

Webmaster Tools

O Webmaster Tools é outra ferramenta do Google para alimentar negócios de dados fundamentais para crescer. Por lá é possível testar URLs, encontrar erros em páginas e analisar dados diversos de busca da ferramenta ao longo do tempo. É uma ferramenta sensacional para quem tem estratégias de otimização de SEO, por exemplo. Também é possível medir resultados de testes anúncios, testar a experiência de busca e navegação dos usuários no seu site e muito mais.

Testes A/B

A prática de realizar testes A/B é uma das maiores aliadas do growth hacking. Testar duas hipóteses simultaneamente com grupos distintos é o que vai auxiliar na melhor tomada de decisão. Sempre com base em dados, testes A/B são a melhor forma de provar hipóteses e encontrar o caminho para crescer.

Assim como um dos passos para implementar o growth hacking, os testes A/B são feitos através de ferramentas práticas e fáceis de usar.

Opções como Optimizely e a Visual Website Optimizer (VWO) são algumas das melhores disponíveis para testar hipóteses de growth hacking. Ambas são fáceis de usar, sem exigir grandes conhecimentos de HTML para programá-las. Além disso, as duas também têm uma parte analítica fácil de usar para analisar os resultados obtidos.

Quero começar a crescer agora!

Esse foi um panorama de tudo que é preciso para começar uma estratégia de growth hacking matadora em qualquer negócio. Quer experimentar a chance de hackear o crescimento da sua empresa na prática?